Tráfego orgânico: do que se trata e como utilizá-lo?

Marketing digital

Tráfego orgânico são as visitas geradas organicamente ao seu site ou blog, ou seja, você não precisa pagar para que os seus conteúdos apareçam nas páginas de busca, como o Google.

Contudo, muitas vezes as pessoas acreditam que não se paga nada no tráfego orgânico e isso não é inteiramente verdade.

O investimento é apenas indireto, ou seja, você gasta com a criação do conteúdo e não para mantê-lo online.

Tráfego orgânico: qual a sua importância? 

Afinal de contas, qual é a importância do tráfego orgânico? Depois de entender o conceito, podemos compreender o porque de sua relevância.

Em suma, ele é responsável por cerca de 64% do fluxo de um site, segundo dados do conductor.com.

A sua empresa ganha mais “status” estando bem ranqueada nas páginas de busca, dando mais credibilidade e importância ao material.

Além disso, o tráfego orgânico possui algumas características que o sobrepõe as outras formas como as pessoas chegarão ao seu site.

O custo-benefício é uma das razões das empresas estarem investindo mais na criação de conteúdo pois o lucro que se recebe com o tráfego orgânico supera o gasto feito.

A escalabilidade é outro ponto, pois a partir do momento que o seu site começa a receber mais visitas, o seu investimento se torna ainda menor.

Outro ponto é a duração de uma publicação feita por tráfego orgânico, já que a partir do momento que você postar o seu conteúdo, ele não saíra do ar, estando sempre a gerar cliques.

Tipos de investimentos

No entanto, como já foi dito, não podemos afirmar que não são feitos investimentos no tráfego orgânico, mesmo que indiretamente.

Os principais gastos feitos são:

  • Investimento na empresa que cuidará do conteúdo;
  • Salário de redatores próprios ou freelancers.

Tendo isso em vista, pesquise para saber qual será a melhor maneira de divulgar o seu site.

As diferenças entre tráfego orgânico e pago

1 – Investimento 

Primeiramente, o investimento no tráfego orgânico será feito em conteúdo e a publicação irá render visualizações sem nenhum dinheiro extra.

Já no tráfego pago, o capital será aplicado nos anúncios para que o público chegue ao seu site. Caso decida parar de pagá-los eles não renderam mais visualizações.

2 – Relevância

Outro aspecto que diferencia os dois tráfegos é a relevância, porque no momento em que o internauta descobrir que o conteúdo é pago, ele estará ciente que o site tentará vender algo a ele.

3 – Autenticidade 

Além disso, o tráfego orgânico gera mais autenticidade e consequentemente mais credibilidade ao material que será propagado.

4 – Tempo que ficará na rede

O tráfego pago gerará visitas apenas durante o tempo que você pagar pelos anúncios.

Já no orgânico, o dinheiro irá uma única vez na produção do conteúdo sem ser necessário investimento para que ele continue a ser acessado.

Mesmo com todos os aspectos que favorecem o uso do tráfego orgânico, isso não significa que você deva escolher um ou outro.

Além do mais, eles são complementares, ou seja, utilizar as duas formas de propagar o seu conteúdo, simultaneamente, melhorará os resultados.

Como aplicar

Depois de tudo o que você leu, o pensamento na sua cabeça deve ser: “mas como eu irei aplicar o tráfego orgânico?” Podemos simplificar e dizer que três são as estratégias na hora de coloca-lo em prática:

1 – Marketing de conteúdo 

A primeira se trata do Marketing de Conteúdo que é um dos segmentos mais importantes do Marketing Digital.

Se não pensarmos no conteúdo específico para a persona, dificilmente o tráfego orgânico surtirá efeito.

Portanto, se a sua empresa pretende gastar com a publicidade é importante entender como o Marketing de Conteúdo funciona para aplica-lo de uma forma que gere lucros.

Tendo isso em mente, é necessário compreender alguns mitos que se criam sobre o Marketing Digital para que você não se confunda na hora de planejar qual será a estratégia da sua empresa.

2 – SEO (Search Engine Optimization)

SEO consiste em fazer a otimização dos mecanismos de busca para tornar o seu site mais fácil de ser encontrado pelo Google, Bing, Yahoo, entre outros.

A otimização de sites, blogs e páginas na web é fundamental para que você alcance um bom ranking nos mecanismos de pesquisa.

Além disso, a grande maioria das pessoas fica apenas nos primeiros resultados da busca.

Isso faz com que as chances de que seu site seja acessado sejam maiores.

3 – E-mail marketing

Antes de tudo, NÃO COMPRE UMA LISTA DE E-MAILS, CONSIGA OS SEUS!

O e-mail marketing é o momento em que a sua empresa buscará um relacionamento mais próximo com o cliente.

O contato será feito por meio de conteúdos que você enviará que possam interessar o cliente.

Desta forma, aqueles que eram meros visitantes do site se converterão em leads.

Além disso, o alcance de um e-mail é inimaginável se pararmos para pensar na quantidade de pessoas (QUASE 3 BILHÕES) que o utilizam.

Pronto para fazer?

O tráfego orgânico é muito importante para a sua empresa, pois é uma garantia de que ela será vista sem que você precise investir sempre em anúncios. No entanto, é muito importante entender que esse processo não ocorre do dia para a noite. Ele leva tempo e exige persistência.

Mas, não se assuste! Você com certeza colherá os frutos positivos dessa ação, alcançando mais leads e, claro, aumentando as oportunidades de vendas para a sua empresa.

Curtiu? Compartilhe com outras pessoas!

Veja outros conteúdos:

Cadastre-se e faça parte da nossa lista exclusiva de conteúdos!

Dicas de postagem: 12 formas de aproveitar conteúdo quando se está sem ideia

Confira as nossas dicas de postagem e saiba como aproveitar conteúdos prontos para movimentar suas redes e atrair mais pessoas!

4 estratégias de Marketing para negócio B2B

Todo negócio precisa se destacar em seu nicho de atuação e para empresas cujos consumidores são outros empreendimentos, se valer do marketing para negócio B2B é uma excelente opção.

6 motivos para empresas de software investirem em marketing

Um dos principais motivos para empresas de software investirem em marketing digital é serem facilmente encontradas nas redes ou no Google.

Ainda tem dúvidas sobre o quanto sua empresa pode ganhar investindo em marketing digiTal?

Fale com um de nossos profissionais e conheça o plano ideal para ter resultados na internet!