Metaverso: entenda quais são as oportunidades para o marketing

Mídias Sociais, Recomendados

Metaverso, um ambiente que será possível ser e viver o que você quiser, já imaginou isso? Uma realidade virtual evoluída, na qual viagens, conversas e reuniões com amigos e até compras, serão feitas sem sair do lugar, apenas com os equipamentos corretos.

Essa novidade vem fazendo sucesso entre muitas pessoas e já se mostra um “mercado” promissor para as marcas, afinal, se você quer ser visto e lembrado, precisa acompanhar as transformações digitais.

Os profissionais de marketing possuem muitas oportunidades dentro do metaverso e é justamente esse o assunto deste blog. Continue a leitura e entenda as possibilidades de um ambiente que, em breve, todos farão parte de alguma forma.

Boa leitura!

O que é Metaverso?

Para começar, vamos te explicar o que é metaverso, termo que já é conhecido desde 1992, quando foi citado pela primeira vez no livro Snow Crash, de Neal Stephenson.

De lá para cá, a definição de metaverso já sofreu muitas evoluções, mas de modo geral, ele significa um ambiente virtual, no qual é possível interagir com outras ferramentas e usuários. Atualmente, um exemplo simples de metaverso são os vídeos games.

De acordo com o Portal Canaltech, há dois anos o jogo Fortnite exibiu dois grandes concertos musicais com a participação de 10,7 milhões de usuários online simultaneamente. O principal deles foi o show Astronomical, do rapper Travis Scott, realizado em 2020.

Assista o show na íntegra:

Você deve estar se perguntando: mas então, o que há de tão diferente agora? E a resposta é muito simples, os equipamentos de realidade imersiva.  Ou seja, os óculos e demais acessórios que são colocados nas pessoas, para que a experiência de estar em um mundo virtual seja ainda mais realista.

Exemplos

Um exemplo um pouco estranho, mas que vai te ajudar a entender melhor a diferença do que vivemos hoje e do que será o metaverso do futuro. Imagine que você quer aprender a jogar basquete e o melhor professor para te ensinar está do outro lado do mundo. Ao invés de se deslocar até lá, será possível aprender através de um holograma, por exemplo.

Resumindo, o metaverso do futuro será um lugar totalmente digital, no qual terá tudo o que pudermos imaginar e ser. Nele, os sentidos de toque, som e visão também existirão para deixar tudo ainda mais conectado. Elementos físicos e digitais se completarão.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, explicou no vídeo abaixo, a ideia que se tem sobre o metaverso. Assista e entenda um pouco mais sobre o assunto.

Metaverso e o marketing

Certo, agora que você já entendeu o que é, ou pelo menos, o que deverá ser o metaverso, vamos ao tema principal: as oportunidades para as marcas. Afinal, mais do que apenas jogar, as pessoas poderão se encontrar com as outras e interagir de várias formas.

Além disso, o ponto crucial é que será possível comprar, fazer negócios, se relacionar, entre outras coisas que fazemos na vida real. Se no “físico” o marketing já se faz mais do que presente utilizando centenas de estratégias para criar conexões com os clientes, imagine no metaverso.

No “novo mundo”, todas as ferramentas utilizadas para criar engajamentos deverão ser aprimoradas e não se espante, uma vez que o marketing como conhecemos hoje, sem dúvidas, também terá mudanças, afinal ele acompanha as transformações da sociedade.

Se as redes sociais já exigem que as marcas interajam, no metaverso elas terão que ser imersivas. Um exemplo, é o que já vemos hoje, com a criação de brand personas, isto é, quando uma empresa cria um personagem para representa-lá por completo. A Lu da Magalu é um caso exemplar disso.

Se hoje as marcas precisam ser interativas nas redes sociais, o metaverso vai exigir que as marcas sejam imersivas. Na prática, isso pode se desdobrar de diferentes formas que ainda precisam ser exploradas.

Motivos para as marcas se adaptarem

Antes de tudo, devemos lembrar que a pandemia chegou e mostrou que a internet foi a única solução para que muitas empresas não fechassem as portas. Foram adaptações de sistemas de vendas, formas de se comunicar com o cliente e muito mais.

Só o fato acima, já deixa muito claro que se a marca não for digital, ela vai acabar. Além disso, estamos vivendo a era da tecnologia, tudo é feito pela internet e a nova geração já nasce sabendo disso, não tem mais como mudar.

O metaverso deve ser o próximo passo para o futuro, enfatizando o motivo “número dois” para as empresas migrarem para ele. As oportunidades estão no engajamento, otimização das estratégias, proporcionar experiências fantásticas e assim, fortalecer a relação com o cliente, isto é, criar a fidelização.

As marcas que se jogarem de cabeça serão vistas com bons olhos por seus consumidores, uma vez que mostrarão a potência de um marketing criativo e tecnológico. Quem não quer ser conhecido pelas suas atitudes audaciosas e inovadoras, não é mesmo?

Comece a transformação ainda hoje!

Se você trabalha com marketing – seja de uma única marca ou várias – logo, tem em suas mãos a missão de construir o caminho para que as ela (as) cheguem até o metaverso com sucesso.

O segredo para isso não é muito diferente do que já se utiliza hoje:

  • Criatividade;
  • Conhecer de fato seu público-alvo;
  • Ser curioso;
  • Determinação;
  • Não ter medo de testar as possibilidades.

Lembre-se que esses são métodos utilizados hoje e com certeza não mudarão com a imersão das marcas do metaverso, apenas serão aprimoradas. Comece hoje a transformação e assim, quando a hora chegar, você estará preparado (a).

Gostou do blog? Compartilhe com outras pessoas e até o próximo conteúdo!

Veja outros conteúdos:

Cadastre-se e faça parte da nossa lista exclusiva de conteúdos!

Marketing para ótica: dicas que farão sua empresa vender mais

Marketing para ótica é primordial como para qualquer outro setor que precisa vender para sobreviver ao mercado. O empresário desse ramo – que já está bem saturado em algumas cidades – precisa ficar atento em como sua loja se relaciona com o cliente, especialmente, no mundo virtual.

Marketing Jurídico: entenda o que pode ser feito e evite problemas

Marketing Jurídico é um assunto que precisa ser discutido, uma vez que existem muitas regras a serem seguidas para praticá-lo. Diferente de outras profissões que, em sua maioria, são livres para criarem qualquer conteúdo e divulgarem seus serviços, os advogados possuem algumas restrições.

Growth Hacking: entenda o que é e como aplicar em seu negócio

Growth Hacking é um termo que vem crescendo mais a cada dia dentro das empresas, principalmente, as de tecnologia.

Ainda tem dúvidas sobre o quanto sua empresa pode ganhar investindo em marketing digiTal?

Fale com um de nossos profissionais e conheça o plano ideal para ter resultados na internet!