E-book Marketing no Facebook

Marketing Digital

Compartilhe:

Se você chegou até esse post é porque, provavelmente, sabe do poder das redes sociais para disseminação de conteúdo. Porém, pode não saber ainda de que forma se utilizar delas e tirar o máximo de benefícios. Nesse caso específico, vamos falar sobre o Facebook. Hoje, pelo menos metade da população do Brasil usa essa rede diariamente. Isso quer dizer que provavelmente sua persona vai estar lá.

Assim como grande parte das pessoas está lá, as empresas também estão. E agora? Como se destacar e disputar audiência em meio a esse emaranhado de páginas? Vamos te explicar!

Primeiro, é preciso que você entenda a importância de criar uma fanpage e não um perfil pessoal. O ponto mais relevante é a barreira legal da política do site. O Facebook deixa claro que, caso perceba que você usa um perfil pessoal para divulgação de serviços, pode banir sua conta. Depois, podemos citar as inúmeras formas de personalização que a fanpage possui, ou seja, você pode deixá-la exatamente com a cara da sua empresa.

É possível criar uma identidade visual a partir das fotos de capa e perfil, além de escolher o segmento de atuação e abas personalizadas. Outra grande sacada da rede é a possibilidade de criação de botões Call to Action, o famoso CTA, e ainda oferece uma ação diferente para cada objetivo.

Um ponto que precisa ser bem claro em sua cabeça: de nada adianta criar um perfil se não houver uma estrutura de divulgação correta. Seus possíveis clientes não chegarão até você pela força da mente.

Dessa forma, tão importante quanto definição de segmento e criação de identidade da marca nas redes, é uma boa estratégia de marketing de conteúdo no próprio Facebook. Você pode separar o processo em duas etapas, a primeira para definir as personas e o tipo de conteúdo e a segunda para melhoria de performance.

Disputar atenção nas redes sociais é muito mais difícil que em mídias tradicionais, como jornal e televisão. Por isso, as etapas precisam ser muito bem pensadas e testadas. Conheça as dores de suas personas e procure criar um conteúdo que resolva ou, ao menos, dê um caminho para a resolução dos problemas delas. Depois que feito e colocado no ar, a missão agora é analisar os dados de seus negócios. O Facebook oferece “insights” ou estatísticas, em português, que são bastante específicas e úteis para seus próximos planejamentos.

Por fim, você também precisa entender como funciona a estrutura de uma campanha. O Facebook Ads tem três níveis: campanhas, conjunto de anúncios e anúncios. Essas divisões possibilitam que você foque e direcione melhor os anúncios para cada grupo escolhido, além de ter um controle maior sobre o orçamento e analisar os resultados com mais precisão e facilidade. Percebeu como uma única rede social oferece inúmeras possibilidades, não é? E é preciso saber e dominar cada uma delas para obter bons resultados.

Agora que já sabe algumas das etapas e configurações, convido você a mergulhar mais fundo nesse oceano de informações. Baixe agora mesmo nosso E-Book do Marketing no Facebook e alcance o sucesso desejado. Fale com o nosso especialista clicando aqui!